Glândula Anal Canina Inflamada e Limpeza

glândula anal caninca

Esta matéria é um alerta aos donos, não se trata de um possível diagnóstico ou menos ainda um roteiro para auto-medicação.
Caso você perceba um forte e desagradável cheiro em seu cão mesmo após os banhos, ou perceba que ele começou a esfregar o bumbum no chão com mais frequência ou está apresentando dificuldade para defecar é possível que ele esteja com a glândula anal, ou saco anal, inflamada ou infeccionada.

glândula anal inflamada

Muitas pessoas não sabem, mas os cães possuem uma bolsa que é conhecida como glândula anal ou saco anal.
Ali nessa glândula há uma substância de cheiro bem forte, até desagradável, de consistência grossa ou leitosa, levemente oleosa.
A sua função é deixar pelo cheiro sua marca ou identificação, podendo servir para demarcar território ou até mesmo se apresentar como identificação.
No momento que o cão defeca a glândula é acionada e as fezes leva consigo um pouco dessa substância.
Infelizmente para alguns cães algo pode sair errado. Por causa de alimentação ou até algum efeito físico externo é possível que a glândula possa ter problemas e daí acaba inflamando.

como limpar a glandula anal

Para evitar isso é recomendável em alguns casos que a limpeza da glândula seja feita rotineiramente a cada banho, mas por pessoa que saiba o que está fazendo. Tentar fazer uma limpeza não adequadamente poderá aí desencadear uma inflamação. Se não souber fazer direito é melhor que não faça.
Em casos agudos é preciso até cirurgia. Em casos mais simples de inflamação é possível ter um tratamento muito eficaz e barato, trazendo a saúde de seu cãozinho à plenitude em poucos dias (de 1 semana a 10 dias). O tratamento é feito com anti-inflamatório e antibióticos. Entretanto só visitando um profissional é que se poderá avaliar o caso e medicar. Essa matéria é para que os donos fiquem alerta aos sinais e possam contornar o problema antes que algo simples possa se tornar um problema grave evitando altos custos e o sofrimento do animal.

OBS.: Algumas vezes o excesso de Proteína pode causar o aumento de secreção e o animal pode ter problemas em expelir todo o líquido, causando a inflamação. Procure um Veterinário especializado em Nutricionismo.

Temos uma matéria aqui sobre Dieta Vegetariana, caso queira saber mais.

Informações Adicionais:

glandula anal pode virar tumor

Relação com Tumor e Câncer:

O assunto é delicado, mas é real. Todo cuidado é pouco, pois traumas mal cuidados podem gerar um tumor e este pode até se tornar um câncer. Não brinque com isso. Qualquer problema, mesmo que mínimo, procure um profissional. Para fazer um contato agora, clique aqui.

Limpeza da glândula anal canina

Limpeza da Glândula Anal:

A limpeza não é recomendada, pois é um trabalho simples que pode trazer traumas sérios se não for feito corretamente. Entretanto, para quem sabe fazer é fácil, peça ao seu veterinário para lhe mostrar e ensinar, a limpeza muitas vezes ajuda muito e mantém seu animalzinho saudável. Para fazer um contato, clique aqui.

abscesso sólido na glandula anal

Abscesso sólido:

Algo assim não é fácil retirar. Até os profissionais podem ter dificuldade. E se não removido corretamente é possível que partes sólidas se tornem perigosas e até podem se tornar tumores. Se notar algo assim procure um veterinário imediatamente. Para fazer um contato, clique aqui.

A cirurgia para retirada de glândula anal

Cirurgia para retirar Glândula Anal:

Não, não faça isso, exceto se for muito realmente demais inevitável. A cirurgia é perigosa, delicada, a recuperação é muito traumática e cheia de riscos. Tente conviver e fazer as limpezas, é mais correto, simples e seguro. Para fazer um contato, clique aqui.

Instagram @clinicadra.dorisbruder

Matérias em destaque:

Leishmaniose em Cachorro Tratamento e Prevenção
doença do carrapato
Tratamento de câncer com eletroquimioterapia
ultrassom veterinário em rio preto
cirurgia com anestesia inalatória em rio preto
glândula anal inflamada
Limpeza Dentária Canina
Eletroquimioterapia em cães e gatos
Anestesia inalatória em cães e gatos
Ultrassom para cães e gatos
Dicas para cachorro fazer xixi no lugar certo
Eletroquimioterapia como tratamento para cães e gatos